19°C 31°C
Nova Santa Rosa, PR

Itaipu e PTI recebem quase 600 projetos de extensão universitária para sustentabilidade

Edital lançado em maio deste ano contempla 17 instituições públicas de ensino superior do Paraná e do Sul do Mato Grosso do Sul

06/06/2024 às 14h54
Por: Redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Foto: Rafael Porto/Itaipu Binacional
Foto: Rafael Porto/Itaipu Binacional

Em pouco mais de um mês de inscrições, o Programa de Extensão Universitária Para Sustentabilidade Territorial, uma parceria entre a Itaipu Binacional e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), recebeu 573 projetos, superando todas as expectativas.

Continua após a publicidade
Anúncio

A iniciativa envolveu 17 universidades federais, estaduais, municipais e institutos federais de educação da área de abrangência da usina, que investirá R$ 24 milhões em bolsas para projetos de extensão universitária relacionados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Este financiamento, além de fomentar a pesquisa aplicada e o desenvolvimento de projetos de extensão, também aproxima as instituições de ensino superior das comunidades locais, promovendo a conscientização e ações práticas em relação aos desafios socioambientais”, afirmou o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Enio Verri.

O edital do programa foi lançado em 3 de maio de 2024 e a fase de submissão de propostas foi encerrada nessa terça-feira (04).

Todos os 17 ODS foram contemplados nos projetos enviados, refletindo um amplo comprometimento das instituições de ensino superior com a promoção da sustentabilidade em diversas áreas, como planejamento territorial, eficiência energética e agricultura sustentável.

Alta adesão dos municípios atendidos

O Programa de Extensão em Sustentabilidade Territorial mobilizou um total de 51 municípios do Paraná e do Sul do Mato Grosso do Sul. Entre os que se destacaram, estão Curitiba, capital do Paraná, com o envio de 61 propostas; Dourados, município do Mato Grosso do Sul, com 57; seguidos por Foz do Iguaçu, com 46; Londrina, 33; e Ponta Grossa, com 28.

“Essa ampla adesão demonstra o compromisso das universidades, dos docentes e discentes, com a sustentabilidade territorial e com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Os números superaram todas as nossas expectativas e já mostram que o programa será um sucesso”, destacou o diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, Irineu Colombo.

Nova etapa, novos desafios

A próxima fase da iniciativa é a análise dos projetos, que ocorrerá até o dia 12 de julho, com a divulgação preliminar dos resultados prevista para o dia 15 de julho. Serão destinadas 1.000 bolsas a estudantes e professores envolvidos em 200 projetos selecionados.

Mais informações sobre o Programa de Extensão Universitária para Sustentabilidade Territorial, que integra o programa Itaipu Mais Que Energia, estão disponíveis em: www.pti.org.br/programa-extensao/.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
Nova Santa Rosa, PR
28°
Tempo nublado

Mín. 19° Máx. 31°

27° Sensação
3.18km/h Vento
29% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h18 Nascer do sol
05h55 Pôr do sol
Qua 29° 18°
Qui 31° 19°
Sex 33° 19°
Sáb 32° 20°
Dom 36° 20°
Atualizado às 14h04
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,19%
Euro
R$ 5,83 +0,24%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,03%
Bitcoin
R$ 371,790,30 -2,97%
Ibovespa
119,400,63 pts 0.22%
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias