Terça, 18 de Janeiro de 2022
38°

Pancada de chuva

Nova Santa Rosa - PR

Geral Violência animal

Caop defende investigação rigorosa sobre denúncia de violência animal

12/01/2022 às 08h28
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Caop (Clínica de Anestesiologia do Oeste do Paraná), uma das empresas mais conceituadas e tradicionais de seu segmento em Cascavel e região, ainda busca compreender os motivos que levaram à prisão de um de seus profissionais associados nesta segunda-feira (10), envolvido na morte de um cão de estimação.
A Caop defende uma investigação rigorosa sobre o lamentável episódio, porém de forma isenta, imparcial e que promova a oportunidade de defesa e do amplo contraditório, evitando pré-julgamentos sobre o suposto caso de violência animal e que culminou na prisão de um profissional da Medicina.
A Clínica tem como princípio primordial a não-violência e jamais compactuou com qualquer forma de agressão, porém avalia que é preciso agir com racionalidade e exaurir todos os argumentos sobre o episódio, pois o profissional que ora está detido possui uma relevante folha de prestação de serviços à comunidade, além de um histórico ilibado.
Portanto, é salutar aguardar o desdobramento do inquérito policial para que a verdade venha à tona, sem prejuízos maiores à sociedade, aos familiares, aos amigos e ao indivíduo arrolado no processo.
E, caso se confirme a culpabilidade, os devidos procedimentos legais serão adotados por parte da empresa, de forma veemente e amparada pela legislação, para que tal ato jamais ocorra novamente e se perpetue qualquer forma de impunidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias