Domingo, 17 de Outubro de 2021
Política Amop

Amop terá estrutura de abrigo a mulheres vítimas de violência

24/09/2021 às 09h29 Atualizada em 24/09/2021 às 09h35
Por: Redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Reunidos na manhã desta quinta-feira (23), em Cascavel, prefeitos e prefeitas da região Oeste participaram da 9ª AGO (Assembleia Geral Ordinária) da Amop de 2021, com ampla pauta de assuntos. O encontro foi comandado pelo prefeito de Cascavel e presidente da Amop, Leonaldo Paranhos.

Entre os temas levados à plenária, um deles, de autoria do prefeito de Toledo e segundo vice-presidente da Amop, Beto Lunitti, foi a criação de uma estrutura regional, no formato de consórcio, de acolhimento de mulheres vítimas de violência física e psicológica.

"É um processo ainda em início de discussão, que atende uma demanda da Adamop (Associação das Primeiras-Damas do Oeste do Paraná), encabeçada pela presidente Fabíola Paranhos", disse Lunitti.

Recentemente, em Toledo, um caso contundente, que virou notícia nacional, evidenciou o caso de uma mulher vítima de cárcere privado. "Precisamos de uma casa de acolhimento regional, modelo em políticas de assistência social, especialmente preparada para atender esse público-alvo. Somos uma região altamente produtiva e desenvolvida, com boa infraestrutura, porém precisamos de conceitos ainda mais humanistas", disse Lunitti.

Agora, o quadro técnico de engenheiros e arquitetos da Amop fará um estudo de viabilidade econômica, para consolidar a criação dessa futura estrutura e verificar junto aos municípios associados, aqueles que estão interessados em participar do consórcio.

Outros temas estiveram em pauta: explanação virtual do secretário executivo do consórcio Conectar, de aquisição de vacinas e insumos contra a covid-19, Marcelo Cabral; explanação do diretor geral do Instituto Opinião Pesquisas, Arilton Frares, sobre diagnóstico econômico e social da região Oeste; e explanação do coordenador da Representação de Governo da Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal em Cascavel, Carlos André Correia Cardoso, sobre o Finisa (Financiamento para Infraestrutura), bem como alterações nas regras relacionadas a repasses da União.

"Foi uma reunião com discussão de temas importantes e de aprimoramento de políticas públicas. Mostrou que o Oeste é uma região diferenciada das demais, com todo respeito a outras regiões, da qual teremos a oportunidade de apresentar a investidores internacionais, em breve, para atração de investimentos para a região, na Feira Internacional de Dubai", destacou o presidente da Amop.

A reunião contou com a presença de cerca de 35 prefeitos e vices, entre eles o primeiro-vice presidente da Amop, Élio Marciniak (prefeito de Santa Tereza do Oeste) e o prefeito de Jesuítas e presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná), Junior Weiller. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias