Quinta, 13 de Maio de 2021
(45) 99982-1441
Polícia Atentado em creche

Identificadas as duas professoras mortas na chacina em creche de SC, que vitimou ainda três crianças

São confirmadas cinco vítimas fatais na chacina, que tirou a vida das duas professoras e de três crianças, todas com menos de dois anos.

04/05/2021 13h58 Atualizada há 1 semana
Por: Redação
Keli Adriane Anieceviski, 30 anos (esq.) e Mirla Renner, 20 anos. Foto: Reprodução Rede Social
Keli Adriane Anieceviski, 30 anos (esq.) e Mirla Renner, 20 anos. Foto: Reprodução Rede Social

As duas professoras da creche Aquarela, que morreram em atentado no município de Saudades, no oeste de Santa Catarina, na manhã de hoje (4), foram identificadas como Keli Adriane Anieceviski, 30 anos, que morreu ainda na creche, e Mirla Renner, 20 anos, que havia sido encaminhada em estado grave ao hospital e teve sua morte confirmada por volta do meio-dia.

Dessa forma, são confirmadas cinco vítimas fatais na chacina, que tirou a vida das duas professoras e de três crianças, todas com menos de dois anos.

Uma criança no hospital

Conforme informações do hospital de Saudades, apenas uma criança, um menino, que foi transferido para Chapecó, está hospitalizado, em estado estável, após o atentado na creche Aquarela.

Leia também: Dor, tristeza e revolta marcam a despedida das vítimas da chacina na creche em Saudades-SC

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias